Você Conhece o Kumon?

Oi pessoal! Quem acompanha a gente no Instagram (@riocomcriancas) sabe que recentemente matriculamos a Camille no Kumon. Você conhece?

O Kumon é um método de ensino que desenvolve alunos autodidatas. Por meio de um material didático autoinstrutivo. É uma orientação individualizada, os alunos adquirem concentração, autoconfiança, disciplina e responsabilidade.

As disciplinas oferecidas são Matemática, Português, Inglês e Japonês.

Nós escolhemos a disciplina Matemática. Nossa escolha foi baseada na nossa percepção em relação aos estudos da Camille. Ela sempre foi uma aluna esforçada e tinha notas excelentes em matemática. Inclusive, foi campeã do prêmio Canguru de Matemática em 2016.

Mas a escola foi ficando mais difícil e notei que ela estava um pouco preguiçosa em relação à matéria que ela mais gostava. Com isso, ela começou a ter preguiça de usar o raciocínio lógico e passou a fazer contas matemáticas usando artifícios de “palitinhos” e infinitas anotações para questões óbvias.

Vamos ver como será o desenvolvimento dela e irei compartilhar tudo por aqui e pelo Instagram.

Antes da matrícula passamos por uma entrevista com a coordenadora, que nos explicou o método e aplicou um teste para saber em qual nível ela está.

Vale dizer que o nível não tem relação com o ano escolar da criança, e sim da capacidade de raciocínio lógico e agilidade nas questões.

A matemática começa no nível A e vai até o nível O. O nível O equivale a matemática a nível universitário.

Pela série da Camille (7º ano) ela deveria estar no nível G ou H. Mas os testes indicaram que ela deveria começar pelo nível 2 A. Continhas básicas de matemática de adição e subtração.

Isso não significa que ela não sabe matemática. Até porque se não soubesse, não estaria no 7º ano.

Significa que ela não tem habilidades de desenvolver o raciocínio rapidamente e esse é o objetivo.

No início ela se sentiu um pouco frustrada, mas depois entendeu a importância em começar de baixo para desenvolver uma habilidade que será muito usada mais à frente.

A rotina dela no Kumon (2 vezes na semana por 45 minutos) é a seguinte:

-Retira a pasta com as lições que irá desenvolver em classe;
-Faz o exercício anotando o tempo de início e término de cada lição (tudo no Kumon é cronometrado);
-Verifica se há correções das lições de casa (se houver, o próprio aluno refaz o erro até obter a nota 100).

Em casa a rotina continua. Todos os dias, durante 20 minutos, ela faz seu bloco de lições. Tem lição todos os dias, inclusive sábado, domingo, feriado e férias.

A ideia é desenvolver compromisso e responsabilidade.

Bem… É isso. Volto depois pra contar a evolução dela. Mas já observei mais responsabilidade em relação a fazer o exercício e isso está se refletindo positivamente na escola.

*Esse post foi patrocinado pelo Kumon, porém o relato é baseado único e exclusivamente na nossa experiência. 

2 thoughts on “Você Conhece o Kumon?

    1. Eles fazem algumas promoções no ano que podem incluir descontos ou isenção de taxas.

      Tem que ficar de olho nas redes sociais do Kumon.

      Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *