Exposição Pterossauros Brasileiros

O Museu de Ciências da Terra (MCTer) do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), situado no bairro da Urca, abriu  uma sala especial para visitas à exposição . Confira!

Siga-nos no Instagram e acompanhe as novidades. @riocomcriancas

Até o dia 30 de abril, curiosos e interessados pelo mundo da paleontologia poderão conhecer fósseis e réplicas dos répteis voadores do período Mesozóico.

Entre as peças expostas, destaque para o pterossauro brasileiro Tapejaridae, uma espécie com cerca de 120 milhões de anos cujo fóssil foi levado ilegalmente para a Bélgica e foi repatriado pelo Governo Federal para o Brasil após três anos de negociação conduzida pelo SGB-CPRM e pelo Ministério de Relações Exteriores. Após a repatriação, consolidada no mês de fevereiro, a peça foi integrada ao acervo do MCTer, ficando à disposição de pesquisadores para estudos.Além do Tapejaridae, estão em exposição fósseis e réplicas dos pterossauros Anhanguera blittersdorffi, o diabo velho do Cretáceo brasileiro, e o Tupandactylus imperator, o deus dos trovões e do clima.

Não há necessidade de agendamento prévio, no entanto as visitas serão controladas para evitar aglomeração no espaço, sendo priorizados também os cuidados com higienização e contato. A exposição ficará aberta ao público de quarta-feira a sábado.O Museu de Ciências da Terra segue fechado para visitas devido às obras de revitalização, sendo esta uma exposição especial em sala preparada para receber público. Outras exposições, nesta mesma estrutura, devem acontecer ao longo do ano.

Mais informações:

Entrada gratuita

Até 30 de abril de 2022

Funcionamento: quarta a sábado das 10h às 16h

Endereço: Avenida Pasteur, 404 – Urca

Receba as novidades da semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *