Dicas de Trilha no Rio com Crianças

Muitas famílias me pedem dicas de trilhas com as crianças no Rio de Janeiro, então como o pedido de vocês é uma ordem, vou listar algumas que eu considero ideal para fazer com os pequenos.

Não esqueça de seguir a gente no Instagram para saber das novidades e participar de sorteios incríveis. @riocomcriancas

Antes de listar as trilhas, vamos dar algumas dicas básicas de trilhas com crianças:

  • Não há idade ideal para levar crianças para fazer trilha. Muitos papais e mamães levam as crianças ainda de colo no sling ou até mesmo naquelas cadeirinhas mochilas.
  • Para a criança poder andar sozinha, recomendo que ela tenha por volta dos 3 anos. Nessa idade a criança já possui mais equilíbrio e o risco de cair é bem menor.
  • Prepare a criança antes da trilha. Diga que ao final ela irá tomar um banho de cachoeira, dar um mergulho no mar ou ver uma vista incrível da cidade. Ela precisa de uma recompensa para se animar na trilha. Até porque a graça é essa mesmo, inclusive para adultos.
  • Leve água. Pelo menos 1 garrafinha por pessoa e uma extra congelada (para misturar com as outras e mantê-las sempre frescas).
  • Antes da trilha alimente-se bem, leve uma fruta para comer no caminho e algo salgado. Uma boa ideia é fazer um picnic no final do passeio.
  • Carregue uma sacolinha para descartar o lixo (nada de poluir a natureza).
  • Use um tênis confortável, de preferência velho. Os novos machucam os pés, em especial das crianças.
  • Abuse do repelente. Se a criança for alérgica a mosquito, o ideal é usar uma calça legging para proteger as pernas. Meninos podem usar aquelas calças de tactel.
  • NUNCA! Jamais faça trilha com crianças em dias chuvosos ou até 3 dias após chuvas fortes. O solo escorregadio torna a trilha perigosa para elas.
  • Prefira fazer trilhas no horário da manhã, quando o sol não é tão quente. Evite a parte da tarde, principalmente em épocas de chuvas de verão.

Trilhas no Rio com Crianças:

Trilha do Parque da Catacumba:

Trilha leve que leva ao mirante do Morro do Sacopã. Tem duração de 30 minutos e o visual lá de cima é muito bonito. No final do passeio as crianças têm a opção de fazer um percurso de arvorismo e tirolesa dentro do próprio parque. Como opção, vale a pena também um picnic na Lagoa.

Pista Cláudio Coutinho – Urca:

Não é exatamente uma trilha, mas é um caminho muito bonito e um ótimo lugar para andar com os pequenos. Para as crianças que nunca fizeram trilhas ou para as pequeninas, é um ótimo lugar pra treinar. Como opção, vale um banho de mar na Praia Vermelha, caso esteja própria pra banho.

Pista Cláudio Coutinho
Pista Cláudio Coutinho
Praia Vermelha
Praia Vermelha

Forte do Leme:

Ok, é um forte! Mas para chegar até ele, é necessário uma trilha. A caminhada é fácil, porém um pouco cansativa porque é subida. A dica aqui é ir com calma, admirando a natureza. As crianças se divertem no caminho com os vários miquinhos que aparecem. Não é recomendável alimentá-los, mas caso você não resista dê somente frutas, e não tente em hipótese alguma tocá-los. Lá em cima a recompensa é um lindo visual da zona sul do Rio. Também há um museu com objetos antigos do exército, canhões e um binóculos para observação da paisagem. Crianças a partir de 3 anos podem fazer essa trilha. Já vi crianças menores, mas aí vai de cada caso.

Trilha do Forte do Leme
Trilha do Forte do Leme
Há muitos micos no caminho
Há muitos micos no caminho
Binóculos
Binóculos
A vista é de tirar o fôlego
A vista é de tirar o fôlego

Trilha do Mirante do Caeté – Prainha:

A trilha é fácil, porém um pouco cansativa e dura 30 minutos. Quando fizemos, levamos 45 minutos para chegar ao topo. A Camille tinha 5 anos e fomos no ritmo dela. Mas super vale a pena o esforço. Lá de cima temos um super visual da Praia da Macumba, Pontal, Recreio e Barra da Tijuca. Na volta, recomendo um banho de praia em Grumari ou em alguma outra praia da região.

Paradinha pra descanso
Paradinha pra descanso
Ela curtiu a farra
Ela curtiu a farra
Mega Visual
Mega Visual

Trilhas na Floresta da Tijuca:

Cachoeira do Chuveiro:

Ideal para crianças que já fizeram alguma trilha. Para adultos o nível é fácil, mas para os pequenos a trilha é de média a moderada. Fizemos quando a Camille tinha 6 anos e achei ideal para essa idade. A primeira impressão da trilha assusta, pois há uma mini escalada por uma pedra, onde há uma corrente para usar de apoio, e logo depois precisamos “escalar” por galhos de árvores, mas não é tão difícil quanto parece. As crianças curtem muito essa trilha, pois elas se sentem verdadeiras aventureiras. A recompensa: um delicioso banho de cachoeira. A caminhada dura cerca de 30 minutos.

Boa recompensa
Boa recompensa
Diversão garantida
Diversão garantida com o papai
Trilha no Rio com Crianças
A trilha tem obstáculos, mas nada tão complicado

Cachoeira da Gruta:

Essa é super fácil. Em 10 minutos se percorre o caminho e é indicada para crianças de qualquer idade. A cachoeira tem esse nome porque a água cai através de uma fenda na gruta. Não é a melhor cachoeira pra ver, mas vale a pena pela interação com a natureza.

Quando fomos ela estava um pouco vazia devido à falta de chuvas no Rio. Mas já fui em outra ocasião em que estava cheia.
Quando fomos ela estava um pouco vazia devido à falta de chuvas no Rio. Mas já fui em outra ocasião em que estava cheia.

Trilha Suspensa – Teresópolis:

Como Teresópolis é logo ali, e dá pra fazer um bate-volta, vou falar dessa trilha que é super legal com crianças. A trilha é realmente suspensa e tem o piso de madeira. O caminho é quase todo plano. Mas para chegarmos na recompensa (queda d’água do poço pra banho), é necessário descer alguns degraus. Fizemos essa trilha quando a Camille tinha 4 anos.

Contato intenso com a natureza
Contato intenso com a natureza
Início da trilha
Início da trilha (ignorem meus trajes…hehe)
A recompensa: banho mega gelado de cachoeira...hehe
A recompensa: banho mega gelado de cachoeira…hehe

5 Benefícios de trilhas com crianças.

  1. Fazer trilha com crianças aumenta a concentração delas, pois elas precisam prestar atenção a obstáculos pela frente.
  2. O contato com a natureza traz benefícios à saúde física e mental.
  3. As crianças passam a ter mais consciência ambiental.
  4. Estreita laços familiares e aumenta o senso de cooperação em grupo.
  5. Aumento auto confiança.

As dicas dadas foram de trilhas que nós já fizemos. Lembre-se: cada criança tem um ritmo e é necessário ter paciência, em especial com as menores. Esse momento deve ser de lazer e descontração, então não se preocupe se a criança se sujar, quiser tocar na areia ou até mesmo sentar no chão. E uma coisa importante: se a criança cair, ofereça ajuda para que ela levante com calma e continue o percurso estimulando-a. 😉

10 thoughts on “Dicas de Trilha no Rio com Crianças

    1. Que legal, Ynes! O contato com a natureza é realmente muito importante. Eu queria que minha filha participasse do grupo de escoteiro, mas nunca acho nada aqui perto de casa.
      Bjs!

    1. Oi Silvana! Vale muito, sim. Mas somente em dias de sol e se nos últimos 3 dias não tiver chovido. Bjs!

  1. Estou amando as dicas.
    Depois de vermos as dicas, eu e meu esposo nos propomos priorizar o passeio na natureza com nosso filho. E ele tem 8 aninhos e um pouco pesadinho mais com saúde!!! tinha medo de fazer certas coisas e agora esta mais confiante.
    Abraços

    1. Oi Alessandra! Não tenha medo! Passeios ao ar livre são muito importantes no desenvolvimento da criança. Vocês vão amar!!

      Beijos!

      A

  2. Amei as dicas!
    Minha pequena tem apenas 2 anos e 5 meses mas eu e meu marido queremos pelo menos começar a tentar leva-la.

    1. Acho super válido já começar a levar. Comece pelas trilhas pequenas e planas. Tenho certeza que irão curtir.
      Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *